Instalando o WordPress no Linux com ambiente LEMP

Neste post vamos continuar a configuração do nosso servidor Linux com Ubuntu para WordPress, focado em performance. Para quem não acompanhou o post anterior (onde explico o porque disso tudo), recomendo dar uma olhada antes de partir para esse. Mas se você apenas quer instalar o WordPress em um servidor Linux com o LEMP já configurado, o tutorial serve muito bem.

Neste post vamos continuar a configuração do nosso servidor Linux com Ubuntu para WordPress, focado em performance. Para quem não acompanhou o post anterior (onde explico o porque disso tudo), recomendo dar uma olhada antes de partir para esse. Mas se você apenas quer instalar o WordPress em um servidor Linux com o LEMP já configurado, o tutorial serve muito bem.


Primeiro, precisamos criar a base de dados que o WP vai utilizar. Como o ambiente LEMP (servidor web Nginx, base dados MySQL e PHP) já está com o MySQL configurado, basta iniciar uma sessão com o comando mysql -u root -p.

*lembrando que o usuário que estou utilizando para o exemplo é denominado root.

Após executar este comando, será solicita a senha de acesso do usuário root para então parar na linha mysql>_, aguardando algum comando.

Vamos criar a base de dados que o WP vai utilizar. Para não complicar, nossa base de dados vai se chamar wordpress. Execute o comando:

CREATE DATABASE wordpress;

*note o ponto e vírgula no fim da sentença, todo comando SQL no MySQL deve terminar com ponto e virgula, então se alguma falha ocorrer, verifique se está correta a terminação da linha.

Agora vamos criar um usuário para ter acesso a base de dados. Execute o seguinte comando para criar um usuário no MySQL.

CREATE USER [email protected] IDENTIFIED BY 'password';

Feito isso, defina o password novamente para o usuário criado com o comando abaixo.

mysql> SET PASSWORD FOR
    -> 'jeffrey'@'localhost' = PASSWORD('mypass');

Para que o WordPress opere corretamente, o usuário criado precisa ter acesso total a base de dados. Para garantir o acesso total a base, execute o comando abaixo.

GRANT ALL PRIVILEGES ON wordpress.* TO [email protected];

Execute o comando abaixo para atualizar as permissões configuradas no MySQL.

FLUSH PRIVILEGES;

Agora a base de dados está pronta para a instalação do WordPress.

Para instalar o WordPress precisamos baixar o pacote de configuração do WordPress.org. Para facilitar, o WordPress é disponibilizado para usuários do Linux em sua ultima versão estável através do endereço http://wordpress.org/latest.tar.gz. Execute o comando wget http://wordpress.org/latest.tar.gz para baixar o arquivo compactado de instalação do WordPress no servidor.

Agora, precisamos descompactar o arquivo baixado, para isso execute o comando tar xzvf latest.tar.gz. Feito isso, é criado um diretório chamado wordpress com todos os arquivos descompactados após a execução do comando.

Para finalizar, execute os comandos sudo apt-get update e sudo apt-get install php5-gd libssh2-php para habilitar o trabalho com imagens e instalação/atualização de plugins via SSH.

Configurando o WordPress para instalação

Agora vamos instalar o WordPress através do seu assistente de configuração. Antes precisamos acessar a pasta do WordPress e modificar o arquivo de configuração para fornecer acesso a base de dados que criamos no servidor.

Execute o comando cd wordpress para acessar a pasta do WordPress, e então execute o comando cp wp-config-sample.php wp-config.php para criar uma cópia do arquivo wp-config-sample.php com o nome wp-config.php. Para editar o arquivo, que é o que vamos fazer agora, execute o comando nano wp-config.php e uma tela parecida com a da imagem abaixo deve aparecer.


Configurando o Ubuntu para performance com o WordPress - Web Social Dev

O importante nesta parte é apenas a parte relacionada ao acesso a base de dados, algo similar a esse bloco de códigos:

// ** MySQL settings - You can get this info from your web host ** //
/** The name of the database for WordPress */
define('DB_NAME', 'wordpress');

/** MySQL database username */
define('DB_USER', 'wordpressuser');

/** MySQL database password */
define('DB_PASSWORD', 'password');

Após alterar as informações conforme as configurações do seu servidor (lembrando que esses dados podem variar de acordo com os dados cadastrados na criação e configuração da base de dados para o WordPress), vamos testar para ver se está tudo pronto para de fato instalar o WordPress através do assistente de configuração. Antes, vamos copiar o conteúdo da pasta /wordpress para a raiz da pasta de execução do servidor web Nginx. O Nginx no Ubuntu utiliza o diretório /usr/share/nginx/html/, porém vamos alterar este para /var/www/html/ para minimizar problemas futuros.

Vamos adiantar e criar o diretório que vamos utilizar com o comando sudo mkdir -p /var/www/html.

Agora é só copiar os arquivos de uma pasta para a outra, para isso vamos utilizar o comando rsync, que além de copiar os arquivos, mantém todas as configurações de permissão e garante a integridade dos arquivos.

sudo rsync -avP ~/wordpress/ /var/www/html/

Após finalizar a cópia dos arquivos, acesse a pasta criada com o comando cd /var/www/html/ para finalizarmos as configurações de permissão. Aproveite para criar a pasta de uploads com o comando mkdir wp-content/uploads.

Agora execute o comando sudo chown -R root:www-data /var/www/html/* para corrigir as permissões de acesso com base no nosso usuário root.

Finalizando a configuração do servidor Nginx

Agora tudo está configurado, precisamos atualizar as configurações do servidor web Nginx. Vamos fazer a mesma coisa que fizemos com o arquivo de configuração do WordPress, criar um cópia do arquivo de configuração do Nginx.

Execute o comando cd .. até retornar a raiz e então execute o comando sudo cp /etc/nginx/sites-available/default /etc/nginx/sites-available/wordpress. Com isso, acesse o arquivo de configuração com o comando sudo nano /etc/nginx/sites-available/wordpress e altere as configurações conforme a imagem abaixo.

Se você tiver problemas para reativar o serviço do Nginx, execute o comando nginx -c /etc/nginx/nginx.conf -t para entender qual a falha no arquivo de configuração.

No meu caso, eu dupliquei a linha try_files $uri $uri/, e a intenção era comentar a primeira com # enquanto a outra apresentava o comando try_files $uri $uri/ /index.php?q=$uri&$args; no arquivo.

Tudo pronto, agora basta reiniciar os serviços do Nginx e do PHP e testar o endereço da aplicação no servidor.

Para reiniciar os serviços execute os comandos abaixo.

sudo service nginx restart
sudo service php5-fpm restart

Então, finalmente podemos acessar a página do assistente de configuração inicial do WordPress. Direcione o navegador para o endereço do seu servidor, pode ser tanto o domínio quando o endereço ip (no meu caso é o ip, já que ainda não apontei o domínio para a VPS).

A seguinte tela deve ser ser apresentada, então basta seguir as instruções e a instalação do WordPress está finalizada!

Instalando o WordPress no ambiente LEMP - Web Social Dev


Conclusão

Se conseguiu completar sem falhas o tutorial, você já vai ter uma instalação do WordPress quase 100%, no nosso caso ainda vai faltar configurarmos o acesso a base do WordPress para instalação e atualização de plugins via SSH, mas ainda vou fazer um post para essa parte; enquanto isso, comentários e dúvidas são bem vindos!

  • Davi Salles

    Foi difícil achar esse tutorial! Espero que valha apena! Obrigado!

    • sasa

      nao vale

  • ewew

    que lixo de site, tudo muito superficial mal explicado, lixo de administrador, e lixo de gente que posta, uma merda, não sabe fazer um tutorial não faz seu bosta, se for fazer explica com detalhes e seja mais objetivo, tu acha que as pessoas sabem as coisas tecnicas seu merda

    • tenta se aprofundar um pouco, é super simples o que expliquei nesse tutorial haha